MONITOR - CMAS M2 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Requisitos - Competências - Home page

 

A finalidade deste curso é avaliar se os monitores CMAS M1 estão aptos, no futuro, a ministrar todos os cursos de praticantes CMAS P1, P2 e P3 e das especializações que lhe são permitidas pelas suas competências.

 

OBJETIVOS GERAIS

Avaliação do grau de conhecimentos teóricos e práticos do monitor CMAS M1, respeitantes às matérias dos cursos de praticante níveis CMAS P1, P2 e P3.

Avaliação do grau de conhecimentos teóricos e práticos do monitor CMAS M1, respeitantes às matérias dos cursos de Especialização de Navegação Subaquática, Pesquisa e Recuperação e Salvamento.

Avaliação do grau de conhecimentos práticos do monitor CMAS M1, respeitantes aos cursos de Especialização de Mergulhador Socorrista e de Administração de Oxigénio

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Saber aplicar os seus conhecimentos pedagógicos à lecionação teórica e prática e à avaliação da matéria do curso CMAS P1.

Saber aplicar os seus conhecimentos pedagógicos à lecionação teórica e prática e à avaliação da matéria do curso CMAS P2.

Saber aplicar os seus conhecimentos pedagógicos à lecionação teórica e prática e à avaliação da matéria do curso CMAS P3.

Saber aplicar os seus conhecimentos pedagógicos à lecionação teórica e prática e à avaliação da matéria dos cursos de Especialização.

Saber aplicar os seus conhecimentos pedagógicos à lecionação prática e teórica da matéria dos cursos de monitor CMAS M1 sob a supervisão do Diretor de curso.

 

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

TEORIA (módulos)

MT1 – Generalidades (Revisão)

Apresentação.

Detalhes administrativos relativos ao horário, locais das aulas, documentação e equipamento a ser fornecido ou que o aluno deverá trazer, manuais a utilizar, etc.

Objetivos do Curso e da organização Escola/Clube.

Finalidade do programa de treino e a sua integração no Sistema CMAS.

Relação entre a Escola/Clube/Federação e a base do Sistema Internacional de Certificados de Mergulho

 

MT2 – O sistema administrativo da FPAS (Revisão)

A documentação versus BD nacional e internacional.

Procedimentos antes do início dos cursos.

Procedimentos durante os cursos.

Procedimentos após a conclusão dos cursos.

MT3 – O sistema de formação CMAS/FPAS (Revisão)

praticante; competências, requisitos de admissão, certificação emitida.

monitores; competências, requisitos de admissão, certificação emitida.

diretor de Curso; definição; qualificações.

formador ativo e formador não ativo (teaching e no teaching status).

cursos de especialização; objetivos; requisitos de admissão, certificações emitidas.

 

MT4 – Critérios de avaliações do curso CMAS P3

introdução.

provas de avaliação da aptidão física.

provas de avaliação dos conhecimentos práticos.

trabalhos específicos.

 

AVALIAÇÃO DO ALUNO (módulos)

MP1 - Avaliação formativa (teórica) (6horas – quatro sessões)

Planificação de seis sessões de formação teórica dos cursos de mergulho CMAS P2 , CMAS P3 e de Salvamento com a duração de 10-15min por aluno em que constem:

Definição de objetivos.

Métodos de ensino a utilizar.

Material a utilizar.

Lecionação das seis sessões de formação, com a duração máxima de 20minutos cada, sobre os temas atribuídos e de acordo com a planificação anteriormente referida.

Elaboração de testes de avaliação sumativa respeitante às matérias lecionadas com quatro perguntas, utilizando os quatro métodos de seleção; escolha múltipla, emparelhamento, verdadeiro/falso e de completar, correspondendo cada método a uma pergunta.

 

MP2 - Avaliação formativa (prática de piscina) (2horas – uma sessão)

O candidato deverá avaliar os dezoito (18) exercícios que fazem parte dos “Conhecimentos práticos do curso CMAS P3” de acordo com os critérios de avaliação ensinados no módulo MT4.

 

MP3 - Avaliação sumativa (prática de piscina) (2horas – uma sessão)

O candidato deverá avaliar nove (9) dos dezoito exercícios que fazem parte dos conhecimentos práticos do curso CMAS P3 de acordo com os
critérios de avaliação ensinados no módulo MT4.

 

MP4- Avaliação sumativa (prática de mar) (4horas – uma aula)

Planificação de uma sessão prática de formação no mar dum curso de mergulho com a duração de 15min por aluno em que
constem:

Definição de objetivos.

Métodos de ensino a utilizar.

Recursos humanos.

Recursos materiais.

Plano de emergência para o local do mergulho.

Reunião prévia.

Reunião final.

Lecionação de uma sessão prática de formação no mar dum curso de mergulho com a duração de 20min, sobre os temas atribuídos
e de acordo com a planificação anteriormente referida.

 

Avaliação da capacidade de salvamento (sem tempo limite)

organização do salvamento.

recuperação do fundo duma vítima inconsciente.

reboque até à embarcação.

aplicação de 1ºs socorros (RCP).

administração de O2.

Esta sessão poderá ser feita logo após a lecionação da aula de mar, e nela serão também avaliados os conhecimentos práticos das matérias dos cursos de Mergulhador Socorrista e de Administração de Oxigénio

 

METODOLOGIA

O curso terá quatro (4) sessões de avaliação formativa teóricas (duas sobre a matéria de cada um dos cursos CMAS P2 e CMAS P3 e de Salvamento), uma (1) sessão de avaliação formativa prática na piscina, uma (1) sessão de avaliação sumativa prática na piscina, uma (1) sessão de avaliação sumativa prática no mar e uma (1) prova de avaliação da capacidade de salvamento.

O candidato será avaliado através de sessões teóricas e prática atrás referidas, por um júri constituído por, no mínimo dois elementos da Comissão de Especialização de Mergulho Amador da FPAS

Nas sessões teóricas e práticas utilizar-se-ão os métodos mais adequados.

 

RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS

Humanos

Formador principal (Diretor de Curso)

Deve ter a qualificação mínima de monitor CMAS M3.

Deve ter inspeção médica para mergulho há menos de um ano e ser filiado na FPAS.

Deve encontrar-se em atividade (teaching status) conforme o exigido pela FPAS.

Deve utilizar o programa de curso aprovado pela FPAS.

Ajudante

Deve ter a qualificação mínima de monitor CMAS M2.

Deve ter inspeção médica para mergulho há menos de um ano e Seguro Desportivo e ser
filiado na FPAS.

Deve encontrar-se em atividade (teaching status) conforme o exigido pela FPAS.

 
Relação monitores/alunos

1 monitor para 6 alunos.

Nota: Para que se obtenham os melhores resultados é aconselhável que não seja excedido onúmero de seis alunos por curso

Materiais

Sala de aulas adequada às necessidades do curso e ao número de alunos, com equipamento didático adequado à exposição dos temas a ministrar de forma a manter os formandos interessados no desenvolvimento das matérias expostas.

Material de suporte para os alunos:

Manual elaborado pela FPAS (MANUAL DO MONITOR CMAS).

Lista de literatura recomendada

Material de suporte para os monitores:

Textos elaborados pela FPAS

Literatura específica recomendada

 

Equipamento de mergulho mínimo

Monitor/Ajudante/ Aluno: Garrafa, colete, regulador com fonte alternativa de ar, manómetro de pressão e profundímetro,
bússola, barbatanas, máscara, tubo e se necessário fato e cinto de lastro.

 

Equipamento de apoio

Estojo de 1ºs socorros

Estojo de Administração de Oxigénio

Manta térmica

Boias, cabos, poitas, etc.

Conjunto garrafa/regulador/colete operacional para utilização em caso de emergência

 

SESSÕES PRÁTICAS

As sessões práticas deverão ter lugar:

Em águas abertas com boas condições, sem vento e correntes e ondulação até uma profundidade de 20 metros.

Nas sessões em águas abertas deverá providenciar-se a existência de uma embarcação pequena para apoio aos mergulhadores.

A descida e a subida deverá sempre ser feita por um cabo vertical ligado a uma boia e nunca pelo cabo do ferro.

 

AVALIAÇÃO

Ao completarem-se as sessões formativas e sumativas, teóricas e práticas o formador de formadores deverá ter avaliado a prestação do aluno de acordo com os critérios assinalados nas fichas de avaliação.

Durante o Curso de Monitor será dado conhecimento ao aluno das “Fichas de Avaliação” utilizadas para, quando prepararem as suas
aulas, saberem se qual o critério que incidirá na sua avaliação.

Como foi escrito na nota introdutória todas as avaliações deste curso estão perfeitamente padronizadas para que se possa obter a maior homogeneização de conhecimentos dos monitores CMAS formados no nosso país, estando neste contexto incluído o Exame Teórico.

Para tal as perguntas de avaliação serão feitas pela Comissão de Especialização de Mergulho Desportivo da FPAS e enviadas ao monitor responsável pelo Curso, acompanhadas da grelha de classificação.

A resposta correta a todas as perguntas corresponde a cem por cento (100%).

 

Critérios de classificação

Se o aluno não obtiver os 80% terá que repetir o Exame depois do Monitor ter discutido a avaliação e corrigido os pontos fracos com o aluno.

De 80% para cima será atribuída uma pontuação em função da percentagem conseguida.

Pontuação

Menor que 80 %                                       repete o exame

Maior que  80 % e menor que 95 %        3 pontos

Maior que  95 % e menor que 100 %      4 pontos

Igual a 100 %                                           5 pontos

Documentação a enviar à FPAS pelo Monitor

Concluídoo Curso o monitor enviará para a FPAS a “Ficha de avaliação final” (Mod. 02/março/2002), onde estão registadas as pontuações obtidas em cada prova e no exame final, que ficará arquivada junto do respetivo processo do aluno.

Depois de classificado, o ponto escrito será enviado à FPAS juntamente com a “Ficha de avaliação final”, onde ficará arquivado
juntamente com o processo do aluno.