MONITOR - CMAS M3 1º NÍVEL PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Requisitos - Competências - Home page

A finalidade deste curso é avaliar se os monitores CMAS M2 estão aptos, no futuro a ministrar e avaliar os candidatos à qualificação de monitor CMAS M1 e M2 para além das competências já adquiridas anteriormente.

OBJETIVOS GERAIS

Avaliaçãodo grau de conhecimentos teóricos e práticos do monitor CMAS M2, respeitantes às matérias dos cursos de praticante CMAS P1, P2 e P3

Avaliação do grau de conhecimentos teóricos e práticos do monitor CMAS M2, respeitantes às matérias dos cursos de Especialização de Navegação Subaquática, Pesquisa e Recuperação e Salvamento.

Avaliação do grau de conhecimentos práticos do monitor CMAS M2, respeitantes aos cursos de Especialização de Mergulhador Socorrista e de Administração de Oxigénio

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Saber aplicar os seus conhecimentos pedagógicos à lecionação e avaliação dos cursosde monitor CMAS M1  e CMAS M2  para além das competências que já lhe eram atribuídas.

 

AVALIAÇÃO DO PERFIL DE ENTRADA

Para se garantir uma homogeneidade de conhecimentos dos vários candidatos de modo a que não sejam criados obstáculos ao ensino durante o curso os candidatos deverão ser submetidos a uma avaliação diagnóstico que constará de duas partes, uma prática e uma teórica.

PRÁTICA (em piscina)

Salvamento (um exercício de salvamento a definir pelo júri).

Exercícios básicos (cinco exercícios a definir pelo júri).

TEÓRICA (teste escritos)

Standards e procedimentos administrativos.

Pedagogia e teoria do mergulho (cursos básicos e de especialização).

 

Notas:

Cada teste escrito terá 50 perguntas.

O candidato terá uma segunda hipótese caso não atinja os mínimos exigidos na primeira avaliação.

PROGRAMA DO CURSO

APRESENTAÇÃO

Objetivos

Estrutura.

Horário.

Material necessário.

Local das aulas teóricas e práticas.

 

STANDARDS E ORGANIZAÇÃO

Do curso de monitor CMAS M1.

Do curso de monitor CMAS M2.

Da validação da qualificação de monitores CMAS M1 obtida no estrangeiro.

Da validação da qualificação de monitores CMAS M2 e M3 obtida no estrangeiro.

 

FUNDAMENTOS DA AVALIAÇÃO

A preparação.

Os objetivos.

A coerência.

A cooperação.

A perspetiva.

A crítica.

 

Nota: Estas três sessões serão ministradas por um formador (CMAS M3 - 2º Nível)

 

TREINO DA AVALIAÇÃO

 

TEÓRICA

Avaliação sumativa

Planificação de três (3) sessões de formação teórica dos cursos de mergulho CMAS P1, P2 e P3  e de Especialização, com a duração de
10-15min por aluno em que constem:

>Definição de objetivos.

>Métodos de ensino a utilizar.

>Material a utilizar.

Lecionação das três (3) sessões de formação, com a duração máxima de 25min. cada, sobre os temas atribuídos e de acordo com a planificação anteriormente referida.

Elaboração de testes de avaliação sumativa respeitante às matérias lecionadas com quatro perguntas, utilizando os quatro métodos de seleção; escolha múltipla, emparelhamento, verdadeiro/falso e de completar, correspondendo cada método a uma pergunta.

 

PRÁTICA

Avaliação sumativa (piscina) (4horas – duas aulas)

Planificação de duas (2) sessões práticas de formação na piscina dum curso de mergulho CMAS P1, P2 e P3 e de Especialização com a duração de 15min por aluno em que constem:

>Reunião prévia.

>Definição de objetivos.

>Métodos de ensino a utilizar.

>Recursos humanos.

>Recursos materiais.

>Plano de emergência para o local do mergulho.

>Reunião final.

>Avaliação contínua.

Lecionação de duas (2) sessões práticas de formação na piscina dum curso de mergulho com a duração de 20min, sobre os temas atribuídos e de acordo com a planificação anteriormente referida.

 

Avaliação sumativa (prática de mar) (4horas – uma aula)

Planificação de uma sessão prática de formação no mar dum curso de mergulho CMAS P1, CMAS P2 ou CMAS P3 e de Especialização com a duração de 15min por aluno em que constem:

>Reunião prévia

>Definição de objetivos.

>Métodos de ensino a utilizar.

>Recursos humanos.

>Recursos materiais.

>Plano de emergência para o local do mergulho.

>Reunião final.

>Avaliação contínua.

Lecionação de uma sessão prática de formação no mar dum curso de mergulho com a duração de 20min. sobre os temas atribuídos e de acordo com a planificação anteriormente referida.

 

Nota:

Estas planificações e lecionações serão feitas por um monitor no mínimo CMAS M2 .

A avaliação das mesmas será feita simultaneamente pelos membros do júri (CMAS M3 2º - Nível) e pelo candidato.

Estas avaliações serão comparadas e discutidas posteriormente.

A AVALIAÇÃO

TEÓRICA

Avaliação feita pelo candidato (180min)

À lecionação de seis (6) sessões de formação feita por monitores CMAS com a duração máxima de 10minutos cada, sobre os temas atribuídos pelo júri.


Avaliação feita ao candidato (120min)

O candidato deverá lecionar uma sessão teórica dum tema do curso de monitor CMAS M1 atribuído pelo júri que avaliará a sua prestação.


PRÁTICA

Avaliação feita pelo candidato


Piscina (duas sessões 120min)

Avaliação feita pelo candidato à lecionação de duas (2) sessões práticas de formação na piscina sobre matéria dos cursos de mergulho com a duração de 20min, sobre os temas atribuídos pelo júri.

Mar (uma sessão 120min)

Avaliação feita pelo candidato da lecionação de uma sessão prática de formação no mar dum curso de mergulho com a duração de 120min, sobre os temas atribuídos pelo júri.

 

Notas:

As lecionações serão feitas por um monitor no mínimo CMAS M3 - 2º nível.

A avaliação das mesmas será feita simultaneamente pelo candidato e pelos membros do júri (CMAS M3 - 2º nível) de acordo com as fichas de avaliação previamente fornecidas.

No final de cada lecionação o júri julgará a avaliação feita pelo candidato comparando com a sua.

A avaliação da lecionação do candidato será feita pelos membros do júri (CMAS M3 - 2º nível) de acordo com a ficha de avaliação previamente fornecida.

METODOLOGIA

Antes do curso será feito um teste de admissão (escrito e prático) para se aquilatar se o candidato possui o perfil que lhe permita o ingresso no curso de formador de formadores.

O curso será constituído por três sessões teóricas ministradas por monitores CMAS M3 (2º nível) e terá dez (10) sessões de avaliação:

Uma (1) de avaliação teórica sumativa do candidato sobre um tema do curso de monitor CMAS M1 atribuído pelo júri.

Seis (6) de avaliação sumativa teóricas feitas pelo candidato (sobre temas dos cursos CMAS P1, P2 e P3 e de Especializações atribuídos pelo júri).

Duas (2) sessões de avaliação sumativa prática na piscina (exercícios básicos) feitas pelo candidato.

Uma (1) sessão de avaliação sumativa prática de mar (exercícios dos cursos níveis 1, 2 e 3 e de Especializações) feita pelo candidato.


No final do curso o candidato será classificado com base na avaliação da sua lecionação teórica e nas suas avaliações das sessões sumativas teóricas e práticas atrás referidas por um júri constituído por, no mínimo dois elementos CMAS M3 (2º nível) da Comissão Nacional de Mergulho (CNM) da FPAS.

 

RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS

Humanos

Formador principal (Diretor de Curso)

Deve ter a qualificação mínima de monitor CMAS M3 (2º nível).

Deve ter inspeção médica para mergulho há menos de um ano e ser filiado na FPAS.

Deve encontrar-se em atividade (teaching status) conforme o exigido pela FPAS.

Deve utilizar o programa de curso aprovado pela FPAS.


Ajudante

Deve ter a qualificação mínima de monitor CMAS M2.

Deve ter inspeção médica para mergulho há menos de um ano e Seguro Desportivo e ser
filiado na FPAS.

Deve encontrar-se em atividade (teaching status) conforme o exigido pela FPAS.

 

Relação monitores/alunos

1 monitor para 6 alunos.

Sendo o curso de monitor CMAS M3 um curso muito exigente dado a importância da função que o formador tem de desempenhar, o que exige um grande empenhamento e esforço, a relação monitor/aluno não deve ultrapassar a referida para se conseguirem atingir os seus objetivos.

 

Materiais

Sala de aulas adequada às necessidades do curso e ao número de alunos, com
equipamento didático adequado à exposição dos temas a ministrar de forma a
manter os formandos interessados no desenvolvimento das matérias expostas

 

Material de suporte para os alunos:

Manual elaborado pela FPAS (MANUAL DO MONITOR CMAS).

Lista de literatura recomendada

 Material de suporte para os monitores:

Manual elaborado pela FPAS (MANUAL DO MONITOR CMAS).

Literatura específica recomendada

 

Equipamento de mergulho mínimo

Monitor/Ajudante/ Aluno: Garrafa, colete, regulador com fonte alternativa de ar, manómetro de pressão e profundímetro, bússola, barbatanas, máscara, tubo e se necessário fato e cinto de lastro.

 

Equipamento de apoio

Estojo de 1ºs socorros

Estojo de Administração de Oxigénio

Manta térmica

Boias, cabos, poitas, etc.

Conjunto garrafa/regulador/colete operacional para utilização em caso de emergência

 

SESSÕES PRÁTICAS

As sessões práticas deverão ter lugar:

em águas confinadas devendo este possuir uma zona com pé e uma zona com profundidade mínima de 2,8m e visibilidade mínima que permita ao instrutor observar simultaneamente todos os alunos, durante o desenvolvimento da atividade, em condições de proteção e segurança.

em águas abertas com boas condições, sem vento e correntes e ondulação até uma profundidade de 20 metros.


Nas sessões em águas abertas deverá providenciar-se a existência de uma embarcação pequena para apoio aos mergulhadores.

A descida e a subida deverá sempre ser feita por um cabo vertical ligado a uma boia e nunca pelo cabo do ferro.

 

AVALIAÇÃO

Ao completarem-se as sessões sumativas, teóricas e práticas o formador de formadores deverá ter avaliado a prestação do aluno de acordo com os critérios assinalados nas fichas de avaliação.

Durante o Curso de Monitor será dado conhecimento ao aluno das “Fichas de Avaliação” utilizadas para, quando prepararem as suas aulas, saberem qual o critério que incidirá na sua avaliação.

Os temas a avaliar serão dados ao candidato com pelo menos uma semana de antecedência.

Os temas a lecionar serão fornecidos ao monitor com pelo menos uma semana de antecedência.

Como foi escrito na nota introdutória todas as avaliações deste curso estão perfeitamente padronizadas para que se possa obter a maior homogeneização de conhecimentos dos monitores CMAS formados no nosso país, estando neste contexto incluída a prova de admissão cujas perguntas deverão cobrir todos os assuntos das matérias que o candidato a monitor deverá ter conhecimento.

Para tal as perguntas de avaliação serão feitas pela Comissão Nacional de Mergulho da FPAS e enviadas ao monitor responsável pelo Curso, acompanhadas da grelha de classificação.

A resposta correta a todas as perguntas corresponde a cem por cento (100%).

 

Critérios de avaliação

Se o candidato não atingir o mínimo de pontos exigido para as avaliações práticas ser-lhe-á dada uma segunda hipótese para a sua realização.

O candidato terá que ter 85% das perguntas certas para ser considerado aprovado.

Se tiver entre 80% e 84% das perguntas certas ser-lhe-á feito um exame oral de modo a corrigir o seu insucesso.

Abaixo desse valor o candidato terá que repetir o exame.

 

AVALIAÇÃO para monitor CMAS M3

O monitor CMAS M3 (2º nível) é a qualificação mais elevada atribuída no esquema das progressões do sistema de ensino CMAS em Portugal.

Para atingir este nível o instrutor CMAS M3 (1º nível) deve ter demonstrado, ao longo da sua carreira de instrutor, possuir qualidades como formador, organizador e impulsionador do ensino de mergulho que o levem a ser proposto pelos responsáveis pela Comissão Nacional de Mergulho da FPAS para a avaliação para o referido nível.

O candidato deverá ser proposto, após a avaliação criteriosa do seu currículo e conhecimentos, por 3/4 dos membros votantes da Comissão Nacional de Mergulho à Direção da FPAS e, caso a proposta seja aceite, será emitida a certificação respetiva.

 

Documentação a enviar à FPAS pelo Monitor

Concluído o Curso o monitor enviará para a FPAS a “Ficha de avaliação final” (Mod. a definir), que ficará arquivada junto do respetivo processo do aluno.

Depois de classificado, o teste escrito será enviado à FPAS juntamente com a “Ficha de avaliação final”, onde ficará arquivado juntamente com o processo do aluno.